Laudo Técnico

Por: Equipe Técnica da Certtum

Nas organizações, de uma maneira geral, o desgaste através do tempo das diversas infraestruturas  (elétrica, segurança, comunicação de dados, etc) é um fator poderoso e silencioso, que atua no sentido de travamento dos processos de produção e paralisação de áreas críticas para estas organizações.

Em função disto, é de extrema importância o desenvolvimento de análises junto a estas infraestruturas, que são efetuadas através do monitoramento nas diversas áreas envolvidas.

O monitoramento de equipamentos de suprimento de energia, quadros elétricos, leituras de níveis de saída junto a equipamentos, etc, envolve a atividade de profissionais preparados e equipados para este tipo de missão.
Verificamos que os níveis mais críticos de desempenho são encontrados na infraestrutura elétrica, principalmente nos quadros de distribuição de eletricidade, que em muitos casos são os causadores de sinistros de proporções incalculáveis.

Para tanto é recomendável, a verificação periódica destes elementos através da utilização de equipamentos termográficos, que irão nos proporcionar uma visualização da localização do problema junto a estes componentes.  

Foto “normal” de Disjuntor Foto Termográfica indicando super aquecimento

No exemplo ilustrado vemos a importância de possuirmos estas análises visando segurança das instalações e de processos junto as organizações.   

Na medida em que através dos laudos técnicos temos uma visão da real situação em que se encontram os diversos subsistemas que compõe uma infraestrutura corporativa, podemos sem dúvida, partir para a elaboração de projetos de correção e/ou ampliação destas infraestruturas (elétrica, segurança, comunicação de dados, etc) visando a adequação e atualização frente as novas missões que a modernização corporativa solicita.

O desenvovimento de projetos realmente adequados a estes novos desafios, proporcionando a atualização destas organizações, é fator que contribui para o aumento significativo dos níveis de confiabilidade nos processos, alicerçando assim o próprio crescimento da organização como um todo.